Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2013

São Valentim

O que se sabe de São Valentim?

"São Valentim(ou Valentinus emlatim), é umsantoreconhecido pelaIgreja Católicaeigrejas orientaisque dá nome aoDia dos Namoradosem muitos países, onde celebram o Dia de São Valentim. O nome refere-se a pelo menos três santosmartirizadosnaRoma antiga.
imperadorCláudio II, durante seu governo , proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objetivo de formar um grande e poderosoexército. Cláudio acreditava que os jovens, se não tivessem família, alistar-se-iam com maior facilidade. No entanto, um bisporomano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimónias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega, Astérias, filha do carcereiro, a qual conseguiu a permis…

No Farol de Montedor

Falando, ainda, da visita de Ilda Figueiredo e Agostinho Santos ao PapaPapel Atelier.
Passado uns dias após a visita, recebi um e-mail de Ilda, oferecendo-me um lindo poema que, falava do que ela viu e sentiu. Foi uma honra para mim tal oferta. Obrigada, Ilda.
É claro que, vou partilhá-lo convosco. Vou deixar algumas fotos e, o poema.

Farol de Montedor


Moinhos


Sinal sonoro
Cabeçudos

O atelier


A mulher
O poema
No farol de Montedor

Na tarde, o farol era só a torre
 sobre o verde, a contrastar
com o azul do mar,
erguendo-se acima do moinho de vento;
mas é luz, orientação e futuro
há mais de cem anos
no lugar de Montedor:
força dos homens que recolhiam o sargaço
na pequena masseira
ou ainda arriscam a vida na pesca costeira Haverá dinâmica e futuro,
a culminar o esforço da subida,
quando o olhar se espraia na paisagem
ou se interroga no mistério da evolução:
das gravuras rupestres nas rochas vizinhas
à tecnologia da luz - que o faroleiro maneja
numa sabedoria milenar -
inclui-se o farol de Alexandria
ali, na…

Recordar 2012 (fim)

:0) Boa noite!
Só agora estou a partilhar convosco a minha recordação, porque tenho estado à espera de umas fotos, que seriam interessantes partilhar aqui, mas acontece que se perderam. Tenho pena. Vai continuar a ser, apenas, uma recordação da minha memória.
O que vou recordar, para quem acompanha o meu trabalho, é novidade, pois nunca apresentei este trabalho publicamente, mas, para mim é uma recordação.
No inicio de 2012, recebi a visita de Ilda Figueiredo e de Agostinho Santos no PapaPapel Atelier. Gostei muito de os receber, foi muito enriquecedor. Recebi alguns conselhos do Agostinho em relação ao meu trabalho e um pedido muito especial. Agostinho Santos é muito amigo e admirador de António Manuel Pina, infelizmente, já não se encontra entre nós mas, deixou-nos a sua riqueza, o  trabalho. É sabido, a paixão que António Manuel Pina, tinha por gatos. Pois bem, o pedido que Agostinho me fez foi, fazer o meu Miau com o rosto do António mas, que ficasse em branco para depois ele o pi…

MÁSCARA

Máscara acessório para esconder o rosto. Podemos usá-lo no teatro, para nos protegermos de epidemias e, claro, no Carnaval. Nós por cá temos algumas interessantes.

Bragança - Caretos


Mira - Caretos da Lagoa

Vale de Ílhavo - Cardador
E, claro, as menos conhecidas mas, também, interessantes...
Máscaras PapaPapel

:0) Festejem o Carnaval como mais vos agradar, com ou sem máscara. Aqui fica uma sugestão,

Bom Carnaval.

Recordar 2012 (continuação)

:0) Boa tarde!
Hoje, aproveitei a hora do almoço para recordar mais um pouquinho. Voltando ao Minho, chegou a hora dos...
Monstros de Viana O primeiro que vamos rever, foi dos melhores trabalhos de 2012. Foi o que recebeu mais visitas. Um trabalho muito bem conseguido. Gostei muito de o fazer. O segundo, não ficou tão bem mas, também, ficou engraçado. Vejamos...







Monstros de Viana, são cabeçudos mais pequenos que os usados nas festas do Minho, são apenas decorativos. Misturei a técnica tradicional com a minha técnica da pasta de papel para caracterizá-los. Esta é a penúltima recordação de 2012. Na 2º feira, não esqueçam, será a última recordação. Bom fim de semana. :0)

Recordar 2012 (continuação)

:0) BOM DIA!!!
Vamos recordar do último trabalho que fiz em 2012 e, também, o último desta colecção. Esta colecção tinha terminado em 2011 mas, uma amiga pediu-me para lhe fazer um em preto e... assim... vos apresento...

O último dos tarecos.




Tareco um personagem divertido dos Mealheiros PapaPapel. É um gato a brincar com a lã, adoram. Este trabalho ainda não era publicamente conhecido, porque a dona dele ainda não o conhecia. A partir de agora, quem quiser um Tareco só por encomenda. Inté! :0)

Cor de rosa

Não consigo resistir. Uma pequena interrupção nas recordações.
Hoje, foi dia de fazer pasta de papel. Penso que já comentei isto aqui, este ano vai haver algumas modificações no trabalho. Vão aparecer projectos novos... etc... Eu andava danadinha para fazer experiências de tintura natural na pasta. Tenho lido coisas sobre o assunto. Falei e, vou começar aprender sobre este tema, com uma amiga que trabalha na tintura natural. Bem! Há dias cozi beterraba e a água ficou com um vermelho escuro lindíssimo. Lembrei-me que, em tempos, numa oficina, tinha experimentado fazer pasta com água de cozer legumes. Várias cores, entre eles a beterraba. Não correu muito bem, mas fez-se um trabalho engraçado. Infelizmente, não tenho fotos. Resolvi repetir a experiência. Fiz pasta com a água de cozer a beterraba. Desta vez correu muito melhor, consegui um rosa choque lindíssimo.



Agora a curiosidade é, qual o resultado desta pasta trabalhada. Aguardem para ver. Vou tentar ser breve. :0)

Recordar 2012 (continuação)

Boa tarde!
Está um frio desgraçado, um vento louco, ora faz chuva, ora faz sol. É assim que estamos em Montedor.
Mas não é para falar do tempo que aqui estamos, mas sim para recordar. E hoje é dia de recordar o...

Fagote e a sua tocadora.








Este trabalho foi dos que mais gostei de fazer. Foi uma encomenda para o Natal. A cliente queria oferecer uma tocadora de fagote à sobrinha, que toca e tem paixão pelo fagote. Esta pequena escultura em pasta de papel correu muito bem. E foi muito satisfatório ver a cliente feliz com o resultado final e, mais ainda, quando a vi depois do Natal, já tinha oferecido a boneca, os olhos brilhavam de alegria por ter dado um presente que tanto agradou. Estas reacções são, de facto, muito compensadoras. Já sabem, quando quiserem algo personalizado, falem comigo. Juntos encontraremos uma solução. Agora... Ao trabalho... Mas amanhã espreitem... Inté! :0)

Recordar 2012 (continuação)

Olá! Hoje atrasei-me um pouco, outros afazeres!! :0)
Hoje é dia de...

NATAL















E foi assim o Natal de 2012. Tudo em Pasta de papel. Um presépio amoroso e muito urbano, não tínhamos vaca nem burro, porque são demasiado grandes para ter num apartamento, por isso esta família tem um cadela e uma gata :0) A árvore é bem portuguesa, foi o pretendido, fomos buscar vários ícones bem portugueses para fazer os enfeites da nossa árvore. E é tudo. Até amanhã. :0)